Sonya Azevedo
Essência em versos e prosas
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos



Agradeço ao poeta e amigo Gualberto Marques por sua primorosa interação.

Lua de Prata

A sede que água não mata
Qual paixão que não deixa adormecer
Anda sozinha mas nunca se farta
De pôr muitos corações a derreter.

Cupido é um seu fiel aliado
Que une amantes com boa sintonia
Nas noites que o luar é prateado
A vibração irradiada é sadia.

E fertilizadora sua influência
Mas a paixão acaba por dominar
A libido, já em incandescência.

Os dois amantes têm prudência.
Vão procurar esse Amor perpetuar,
Se conseguirem seus Egos harmonizar.

Gualberto Marques
Sonya Azevedo
Enviado por Sonya Azevedo em 06/10/2017
Alterado em 11/10/2017

Música: By the time i get to Phoenix - Ernesto Cortazar

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários