Sonya Azevedo
Essência em versos e prosas
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos



Meus Blogs
Jacintos da Alma
Nascentes de Luz
Pegadas do Vento

Agradeço ao poeta e amigo Ricardo, o Poeta Carioca,
a sua sempre magnífica interação.
 
COLUNA DE HÉRCULES
 
Num abraço apertado de feiura
As gambiarras nos postes do subúrbio
Aparentam o drástico distúrbio
Ao sabor do mormaço ou da friura!
 
Coluna de Hércules, assim fulgura,
Presa à particular algema: o fio;
Na impassibilidade, no desfio,
O rosto de concreto desfigura!
 
Castelo de ruínas, neste aspecto
Nas ruas, bordaduras, circunspecto,
Impávido, robusto e vertical!
 
Com braços que iluminam nossas ruas,
Flagrando as atitudes, mentes nuas,
Ele é, parado, tudo..., menos mal!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradeço ao poeta Olavo sua bela interação
 
"Não sou um poste enrolado
Com tantos fios a voar
Quero ser livre e bem amado
Sem deixar me apaixonar."

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

E ao mestre Jacó por seu mimo.

Sinto uma força potente,
Nesta falta de estética.
Nossas redes são patéticas,
E escandaliza a gente...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Boa tarde amigos,
Venho comunicar-lhes que estou iniciando um novo curso,
período em que ficarei um pouco sem tempo para postagens
e comentários, mas não vou sumir.
Estarei postando e comentando dentro do possível,
mas, infelizmente, não poderei dar atenção às suas interações.
Assim peço-lhes que até o final de janeiro,
quando deverei findar o curso vcs. compreendam
a minha posição.
Desejo-lhes sucesso, sempre.
Muita luz e paz.
Abs
Sonya Azevedo
Enviado por Sonya Azevedo em 21/09/2019
Alterado em 12/10/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários