Sonya Azevedo
Essência em versos e prosas
Capa Textos Áudios E-books Perfil Livro de Visitas Contato
Textos


Meus Blogs

Jacintos da Alma
Nascentes de Luz
Pegadas do Vento


Bom dia queridos amigos,
Peço-lhe desculpas pela minha inconstância nas visitas, 
Encontro-me com alguns amigos de muitos anos que
se encontram hospitalizados,
o que tem me deixado um pouco triste.
O meu pc também anda dando uns sinais de que:
"já estou velho, ando cansado..."
Mas eu pretendo vencer esse desânimo!!!
Um ótimo final de semana.
Muita luz e paz.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradecendo ao amigo Stenius Porto sua belíssima interação

*** O POETA (Soneto Inglês) ***

O poeta versa os seus versos em qualquer estação
Se sente radiante com suas poesias é dela escravo
Os seus adágios inspiram a ação da sua inspiração
Não tem hora e nem momento se abre um agravo

O poeta é assim; ama ser poeta, ama fazer poesias
Sente ela em todos os lugares, com ela se encanta
Se orna com as palavras faz delas as suas fantasias
O cara vive no orbe da lua, no seu luar se agiganta.

O poeta é louco, é doido e ainda é médico também
Versa o amor pra seu amor, tem uma paixão antiga
Pra a sua amada diz; que quer lhe ver sempre bem
A poesia ao seu lado anda se faz de mulher e amiga.

O poeta não retrata somente o amor, retrata a vida
O poeta não é só poeta, ainda encara uma dura lida.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradeço ao poeta e amigo Walter Arruda seu sonetinho

Quem sois Poeta...
Se és só letras?... ...
Ou um feitiço?...
As vezes Ninho!...

... Buscas Amor, talvez?...
... Aquela Flor linda!...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Grata também ao mestre Jacó Filho por seu mimo

MENTE DE POETA

A vinha onde Deus, desde o princípio
Cultivando belezas, em favor da vida,
Vai moldando versos, curando feridas,
Cantando do amor, seu lado profícuo.

Em prol do encanto, o torna sensível,
Quando dá de si para mente criativa,
A sintonia perfeita, numa dupla ativa
Tornando fantasias, projeto plausível.

Quando apaixonado, a razão elimina,
Subalterna ao amor que nada supera,
E o resto do mundo ficará em espera...

A mente de poetas nasce com a sina,
De servir aos céus na cruzada eterna,
Levando o Amor pra todas as Esferas...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradecendo ao Poeta Olavo sua belíssima interação

Entre prosas e poesias
A gente cria uma canção.
Entre tristezas e alegrias,
A gente embala um coração.

Enquanto as suas escritas
Continuarem inquietas
A minha mente se agita
No meu torpor de poeta.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradecendo ao amigo Gualberto Marques, seu belo soneto.

*** Sonhos dum Poeta *** 

Tal é o viver de muitos ? Poetas?
 Vivem pois qual raro ?Ser? singular.
Se o Poema não for obra completa, 
Já não lhes vai permitir sossegar.

À Lua pedem commuito relevo 
Benesse de seu belo esplendor, 
Pro seu Amor, com muito enlevo, 
E receber em troca mais Amor. 

Muitos até sonham acordados, 
Quando escrevem seus lindos versos 
Repletos de sonhos desejados. 

Os bocados de amor dispersos,      
Podem fazer sangrar os acordados
Com corações em paixões, submersos.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradecendo a querida amiga Norma Aparecida sua
belíssima interação.

O poeta em seu versejar magistral
Vai em versos seguindo a jornada.
Versejar é um dom bem especial
A alma está sempre harmonizada.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Sonya Azevedo
Enviado por Sonya Azevedo em 30/10/2020
Alterado em 01/12/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários