Sonya Azevedo
Essência em versos e prosas
Capa Textos Áudios E-books Perfil Livro de Visitas Contato
Textos


Meus Blogs

Jacintos da Alma
Nascentes de Luz
Pegadas do Vento


Bom dia queridos amigos,
Peço-lhe desculpas pela minha inconstância nas visitas, 
Encontro-me com alguns amigos de muitos anos que
se encontram hospitalizados,
o que tem me deixado um pouco triste.
O meu pc também anda dando uns sinais de que:
"já estou velho, ando cansado..."
Mas eu pretendo vencer esse desânimo!!!
Um ótimo final de semana.
Muita luz e paz.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Agradecendo ao amigo Stenius Porto sua belíssima interação

*** O POETA (Soneto Inglês) ***

O poeta versa os seus versos em qualquer estação
Se sente radiante com suas poesias é dela escravo
Os seus adágios inspiram a ação da sua inspiração
Não tem hora e nem momento se abre um agravo

O poeta é assim; ama ser poeta, ama fazer poesias
Sente ela em todos os lugares, com ela se encanta
Se orna com as palavras faz delas as suas fantasias
O cara vive no orbe da lua, no seu luar se agiganta.

O poeta é louco, é doido e ainda é médico também
Versa o amor pra seu amor, tem uma paixão antiga
Pra a sua amada diz; que quer lhe ver sempre bem
A poesia ao seu lado anda se faz de mulher e amiga.

O poeta não retrata somente o amor, retrata a vida
O poeta não é só poeta, ainda encara uma dura lida.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Sonya Azevedo
Enviado por Sonya Azevedo em 30/10/2020
Alterado em 05/11/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários