Sonya Azevedo
Essência em versos e prosas
Capa Textos Áudios E-books Perfil Livro de Visitas Contato
Textos

 

Agradeço a  todos a atenção nesse período

em que estive reclusa e afastada

e retribuo o carinho de vocês.

Agora estarei mais presente,

embora não podendo ficar muito tempo

no computador, por conta das vistas que

ficaram com muito ardor.

Mas, aos poucos, tudo se normalizará.

Muita luz e paz.

Gratidão

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Agradeço ao querido amigo Escreverati seu belíssimo comentário

o qual ousarei formatá-lo e torná-lo em poesia.

E.T.A.M

 

Luz de Viver

 

Vives a luminosidade

E o brilho matutino!

Cores em encarnado degradê

São teu pano de fundo...

És vida;

Luz e amor em teus dias,

Por ora,

Meninos!

A decrescente luz vespertina

Dista do teu âmago,

Posto que ainda tens muito

A iluminar.

Iluminar o meu coração

E o coração do mundo!

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Ao amigo Jacó Filho, minha gratidão.

 

Sua Herança

 

Mesmo não sendo herdeiro,

Desfrutarei sua herança,

Cada vez que um luzeiro,

Com o céu faça aliança,

E o ar com seu perfume,

Seja portador do lume,

Vindo mostrar o letreiro

Que seus versos me alcança.

Mesmo não sendo seu herdeiro,

Desfrutarei sua herança.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

À querida amiga Cristina Gaspar, minha gratidão e amizade.

Feliz com o seu belo mimo.

 

Tenha eternidade minha querida

O testamento é puro encanto

Partes versada de uma bela vida

Mares calmos para acolher o pranto.

 

A sensibilidade lírica que nos envolve

Provoca emoções benfazejas,

Prazer sentimento que nos move

Dando-nos força para enfrentar as pelejas.

 

Ler você é suspirar e refletir

Imaginar tudo que você ainda pode criar

O seu talento é nos deixar esperar o porvir.

 

Não há tema que você não reconstrua.

A sua verve é farta e inspiradora.

Você, raio de luz é ímpar toda e completamente sua.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Toda minha gratidão e carinho à Cristina Gaspar,

poetisa e amiga.

Retribuo seu carinho com poesia.

 

Essa Eternidade

(Sonya Azevedo)

Para a amiga Cristina Gaspar

 

Ah! Perambulo pela eternidade,

Colhendo as pérolas do coração.

São lembranças, amores, ilusão,

Tudo um dia vivido, hoje, saudade.

 

Esse mar tão bendito, a imparidade

Dos movimentos, é pura emoção;

Deixa-me nas areias u'a canção

Também me traz a paz, serenidade. 

 

Junte a tudo isso, gotas de amizade,

Que à vida traz prazer, felicidade,

E ao âmago um sentir especial.

 

E se um amigo expressa simpatia,

Trazendo-me ao olhar um manancial,

Abro o seio e dou graças em poesia.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Agradeço ao poeta Olavo a sua linda interação.

 

As suas letras são a sua riqueza;

O seu testamento, é sua poesia;

O seu sorriso traz a sua beleza

Que nos encanta dia a dia.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Agradeço ao amigo do além-mar Gualberto Marques

 

“ BENDITAS PROMESSAS “

 

Recebi com Fé e Esperança

Puros desejos que nunca ignoro

Com Amor e Tempo se alcança

E com tão belos versos eu choro.

 

Felizes são os testamentários

Que colhem com todo sentimento

Teu desejo e pranto solidário,

Que acalmam a cada momento.

 

Que bons Anjos te protejam do mal.

Minha estrela de navegação.

Vai cintilando no mar sideral,

Dá ao veleiro boa orientação.

 

Bendito testamento que doaste,

Aos amigos que sabes proteger.

Com Amor e mimos nos fartaste.

Beijos…, é o que posso oferecer.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Vânä Frâgä

 

Quiçá eternizar esse instante

Na minha memória inconstante

Vendo sonhos esfumaçantes

Com palavras estonteantes.

Tão belas e radiantes,

Ouso dizer: Não Vistas Dantes

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Sonya Azevedo
Enviado por Sonya Azevedo em 15/02/2022
Alterado em 05/05/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários